Ligue
4007-2180

Bonito

Bonito é um município brasileiro do estado de Mato Grosso do Sul. É a principal cidade turística da região da Serra da Bodoquena

Flutuação No Rio Sucuri: (http://www.riosucuri.com.br)
Cartão de Crédito: Diners, Mastercard, Visa
Cartão de Débito: Maestro, Redeshop, Visa Electron
A descida no Rio Sucuri, até o encontro com o Rio Formoso, tem 1,7 km. O percurso começa na nascente, e a tarefa não exige esforço - a correnteza leva você. No caminho, cheio de peixes, o que mais chama atenção é a vegetação abundante, que deixa o cenário ainda mais colorido. Antes de cair na água, todo mundo coloca roupa de neoprene, colete, máscara e snorkel. Um barco acompanha os grupos (quem se cansa, não quer entrar na água ou precisa sair dela por algum motivo pode usá-lo como apoio). Apesar do nome, não é fácil encontrar sucuris por aqui. Por que é 5 estrelas? A grande quantidade de calcário, assim como os restos de cascas de caramujo calcificadas no fundo do rio, dão incrível coloração azul à água. A variedade de plantas completa a paisagem. Preste atenção Nos tons amarelos, vermelhos e verdes da vegetação, que se misturam durante o percurso. A melhor foto Uma equipe de fotógrafos com câmeras subaquáticas fica no local -você pode comprar um DVD com as imagens no final do passeio. Tempo de visita A flutuação dura quase 1h. Depois da atividade você pode fazer passeios de bike ou cavalgada. Com ou sem guia? Com guia. Quando ir O ano todo. Em épocas de seca, o rio fica ainda mais límpido. Serviço Estr. p/ São Geraldo (19 km de terra), 3255-1030; R$ 118 (flutuação); R$ 136 (flutuação e almoço). O ingresso deve ser comprado nas agências da cidade, que também organizam o traslado.

 

Abismo Anhumas: Estr. p/ Campo dos Índios (Faz. Anhumas), 22 km (19 km de terra)
Descoberta nos anos 70 por um peão de fazenda, a estreita fenda no solo, vista de fora, não dá ideia da magnitude do lugar. Só depois de descer dois metros pelo rapel é que o coração realmente acelera. Afinal, você está entrando numa gigantesca cratera de 72 metros de altura, e vai chegar num espelho-d'água cristalino. O programa completo combina a descida de rapel com um mergulho livre ou autônomo. Por que é 5 estrelas? O abismo é a maior caverna submersa do mundo. O passeio é superexclusivo - apenas dois grupos de oito pessoas por dia são autorizados a descer. Preste atenção Debaixo d'água, os cones - formados pela sedimentação do calcário que goteja constantemente na lagoa - chegam a até 20 m. A melhor foto A escuridão da caverna dificulta as imagens. A claridade é um pouco maior entre a segunda quinzena de novembro e a primeira de janeiro, das 8h30 às 9h, quando o sol incide diretamente na fenda do abismo. Tempo de visita O passeio dura entre 3h e 4h (o tempo de flutuação ou mergulho é de 30 minutos). No rapel, os guias levam em conta o ritmo e o preparo físico de cada visitante. Com ou sem guia? Com guia. A aventura começa um dia antes, no treinamento de 30 minutos realizado num paredão de escalada na cidade - prática importante para que você se acostume com os equipamentos. Quando ir O ano todo. Melhor escolher o primeiro grupo, que começa o rapel às 7h, para curtir a paisagem com mais sossego. Quando o segundo grupo chega (descida às 10h30), o primeiro ainda não subiu, o que causa certo movimento. Serviço Fazenda Anhumas - Estr. p/ Campo dos Índios, 22 km (19 km de terra). Um dia antes acontece o treinamento na R. Gen. Osório, 681, 3255-3313. R$ 360 (rapel e flutuação); R$ 530 (rapel e mergulho autônomo). O ingresso deve ser comprado nas agências da cidade, que também organizam o traslado.

 

Gruta Do Lago Azul: Rod. Três Morros, 22 km (18 km de terra)
O lago, com água azul e cristalina, impressiona. Na gruta, o guia mostra estalactites, estalagmites e travertinos e os associa a algumas imagens, como a de uma santa com um bebê. O acesso pela escadaria requer cuidado: são 294 degraus irregulares, sem corrimão ou iluminação. A melhor época para visitá-la é de novembro a janeiro, entre 8h30 e 9h, quando o sol incide diretamente na boca da gruta e ilumina o lago. O passeio dura 1h30. R$ 36.

 

Aquário Natural (Reserva Ecológica Baía Bonita): Estr. p/ Jardim, 8 km (5,5 km de terra)
É o lugar ideal para a primeira flutuação: aqui, você recebe um treinamento numa piscina natural antes de cair no rio. O percurso, na água, é de 600 m. Outra atividade da fazenda é a Trilha dos Animais, com bichos que estão em tratamento e devem ser reintegrados à natureza. R$ 99 (flutuação); R$ 137 (flutuação e trilha). Almoço pago à parte, R$ 18 por pessoa. Estr. Para Jardim, 7 km (4,5 km de terra).

 

Mergulho: Estr. p/ Jardim, 8 km (5,5 km de terra)
É o lugar ideal para a primeira flutuação: aqui, você recebe um treinamento numa piscina natural antes de cair no rio. O percurso, na água, é de 600 m. Outra atividade da fazenda é a Trilha dos Animais, com bichos que estão em tratamento e devem ser reintegrados à natureza. R$ 99 (flutuação); R$ 137 (flutuação e trilha). Almoço pago à parte, R$ 18 por pessoa. Estr. Para Jardim, 7 km (4,5 km de terra).

 

Cachoeira Do Rio Peixe: Estr. p/ Bodoquena, 35 km (33 km de terra)
São 3h (ida e volta) de caminhada passando por quedas-d'água, com paradas para banho. A estrutura é mais rústica em relação ao Parque e à Estância, mas o almoço é típico de fazenda, com churrasco. R$ 85 (inclui almoço).

 

Cachoeira Parque Das Cachoeiras: Estr. p/ Aquidauana, 17 km (16 km de terra)
(http://www.parquecachoeiras.com.br)
O percurso de 3h (ida e volta) inclui seis cachoeiras, pequenas grutas e bons poços para banho. A primeira e mais alta queda é a do Amor (6 m). A caminhada é feita em passarela suspensa de madeira, no meio da vegetação. R$ 85 (inclui almoço).

 

Cachoeira Estância Mimosa: Estr. p/ Bodoquena, 26 km (24 km de terra)
(http://www.bonitoweb.com.br)
Horário: 7h/14h30
Cartão de Crédito: Visa
Cartão de Débito: Visa Electron
No passeio você visita oito quedas d´água - duas delas são as mesmas do Parque das Cachoeiras (leia acima). Entre as exclusivas estão a do Desejo, com uma formação rochosa curiosa, e a do Salto, com plataforma de 6 m para pular no poço. Sedimentos de folhas e galhos, pelo caminho, indicam que a área já foi leito de um rio. R$ 82 (inclui almoço e lanche).

 

Cachoeira Boca De Onça: Estr. p/ Bodoquena (mun. de Bodoquena), 65 km (63 km de terra)
Um circuito de quase três quilômetros, percorrido em três horas de caminhada (ida e volta), passa por 11 cachoeiras, três delas boas para banho. A principal é a Boca da Onça, a mais alta do estado, com 156 m - para chegar a ela, ou você sobe pela escadaria de 886 degraus, ou pega carona no carro de apoio do passeio. No fim da trilha, uma ducha natural garante o relax. R$ 122; R$ 275 com rapel - o preço inclui almoço, seguro e guia.

 

Fazenda Ceita Core: Estr. p/ Bodoquena, 40 km (38 km de terra)
Chegando à fazenda, você observa um rio com pequenos peixes. Por volta do meio-dia, a luz do sol incide em sua nascente e provoca um tom de azul único e inesquecível. Essa é a primeira atração do lugar, antes mesmo do início da trilha de 1,7 km que passa por 11 cachoeiras - seis delas abertas para banho. São 2h de caminhada (ida e volta). R$ 86 (inclui café, almoço e lanche).

 

Gruta De São Miguel: Estr. p/ Campo dos Índios, 16 km (13 km de terra)
Uma trilha suspensa leva à entrada da gruta, onde vivem uma coruja albina e morcegos. No passeio, que dura uma hora, você vê também grande variedade de espeleotemas, formações calcárias bem-cuidadas. Um carro elétrico faz o transporte de volta ao receptivo. R$ 30.

 

Bonito Aventura: Estr. p/ Jardim, 6 km
Após uma trilha de 1,8 km começa a flutuação de 2,2 km nas corredeiras do Rio Formoso, que chega a 7 m de profundidade. Aqui é permitido o uso de nadadeiras, o que aumenta a velocidade e a emoção do passeio. R$ 55 (flutuação); R$ 65 (flutuação com almoço).
Parque Ecológico Rio Formoso: Rod. Bonito-Guia Lopes, 7 km
Os 2,3 km de trilha que margeiam o Rio Formoso levam a um mirante com vista para a Serra da Bodoquena. No retorno, outra atração: a flutuação nas águas do mesmo rio. O local também é procurado para mergulho autônomo. R$ 25 (trilha e flutuação); R$ 53 (trilha, flutuação e almoço

Passeio De Bote No Rio Formoso: Estr. p/ Ilha do Padre, 12 km (11 km de terra)
Antes do início do passeio, um pequeno treinamento dá dicas sobre como se comportar durante as quedas nas cachoeiras. Feito isso, os botes descem corredeiras leves e com pouco declive em 1h30. Quando eles se encontram, a "guerra de água" (com baldes) entre os passageiros deixa o programa ainda mais divertido. Na chegada, na Ilha do Padre, há bar, restaurante, redário e loja de conveniência para você passar o resto do dia. R$ 50.

 

Boia Cross: Estr. Bonito/Balneário Municipal, km 6, 6,5 km (Hotel Cabanas)
São 1,2 km de corredeiras no Rio Formoso, percorridos em bóias individuais. Quanto maior o volume de água, maior a velocidade - os guias garantem a segurança com cordas de apoio, além do uso obrigatório de colete salva-vidas e capacete. R$ 40.

 

Arvorismo: Estr. Bonito/Balneário Municipal, km 6, 6,5 km (Hotel Cabanas)
Circuito de 350 m pelas copas das árvores, com 20 atividades - a dificuldade aumenta de uma para a outra, e a altura chega a 15 m. Há duas tirolesas no caminho: a última, com queda no Rio Formoso, finaliza a aventura. R$ 75.

Apresenta um clima tropical na faixa dos 32°C. O período das chuvas vai de novembro a abril.

Ocultar
Receba ofertas exclusivas no seu e-mail