Ligue
(31) 3528-6122

Porto Alegre

Porto Alegre é um município brasileiro e a capital do estado mais meridional do Brasil, o Rio Grande do Sul. Pertence à mesorregião metropolitana de Porto Alegre e à microrregião de Porto Alegre. Com uma área de quase 500 km², possui uma geografia diversificada, com morros, baixadas e um grande lago, o Guaíba, distando 2027 quilômetros de Brasília, a capital nacional.

 

A cidade constituiu-se a partir da chegada de casais açorianos em meados do século XVIII. No século XIX contou com o influxo de muitos imigrantes alemães e italianos, recebendo também espanhóis, africanos, poloneses e libaneses. Desenvolveu-se com rapidez, e hoje abriga mais de 1,4 milhão de habitantes. A cidade enfrenta muitos desafios, entre eles a grande população ainda vivendo em condições de pobreza e sub-habitação, um alto custo de vida, deficiências sérias no tratamento de esgotos, muita poluição e degradação de ecossistemas originais, índices de crime elevados (embora indicando uma tendência de queda) e crescentes problemas de trânsito.

 

Por outro lado, ostenta mais de 80 prêmios e títulos que a distinguem como uma das melhores capitais brasileiras para morar, trabalhar, fazer negócios, estudar e se divertir. Foi destacada em anos recentes também pela ONU como a Metrópole nº1 em qualidade de vida do Brasil por três vezes; como possuindo um dos 40 melhores modelos de gestão pública democrática pelo seu Orçamento Participativo, e por ter o melhor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) entre as metrópoles nacionais. Dados do IBGE a apontaram em 2009 como a capital brasileira com a menor taxa de desemprego, a empresa de consultoria britânica Jones Lang LaSalle a inclui em 2004 entre as 24 cidades com maior potencial para atrair investimentos no mundo e figura na lista da Pricewaterhouse Coopers entre as cem cidades mais ricas do mundo.

 

Além disso, Porto Alegre é uma das cidades mais arborizadas, e alfabetizadas do país, é um pólo regional de atração de migrantes em busca de melhores condições de vida, trabalho e estudo, e tem uma infraestrutura em vários aspectos superior à das demais capitais do Brasil. Foi manchete internacional quando sediou as primeiras edições do Fórum Social Mundial e foi escolhida recentemente como uma das sedes da Copa do Mundo de 2014. Também tem uma cultura qualificada e diversificada, com intensa atividade em praticamente todas as áreas das artes, esportes e das ciências, muitas vezes com projeção nacional, além de possuir ricas tradições folclóricas e um significativo patrimônio histórico em edificações centenárias e numerosos museus.

Museu De Ciências E Tecnologia (Puc): (http://www.mct.pucrs.br)
Parece um parque de diversões infantil, mas os experimentos interativos entretêm gente de todas as idades. A visita ao museu é uma maneira curiosa e estimulante de relembrar (ou aprender) sisudos conceitos de química, física, biologia, matemática... No terceiro andar, o preferido dos adultos, ficam duas das atrações mais concorridas: o giroscópio humano, que simula o que acontece com o corpo na ausência da gravidade, e o jogo de vôlei imaginário, no qual as sombras dos participantes interagem com uma bola virtual. Por que é 5 estrelas? Bem organizado e superinterativo, consegue transformar em brincadeira conceitos complicados de várias áreas da ciência. São cerca de 700 experimentos distribuídos em 10 mil m². Preste atenção Algumas atrações acontecem com hora marcada (e são pagas à parte). É o caso do gerador de Van der Graaf, que deixa os cabelos em pé (10h30 e 14h30, grátis), do filme 3D sobre o corpo humano (11h15, 15h30 e 16h30, R$ 2) e do planetário inflável (10h, 11h, 15h e 16h, R$ 2). A melhor foto As mais engraçadas: de ponta cabeça no giroscópio, ou com os cabelos em pé no gerador Van der Graaf. Tempo de visita Reserve pelo menos 3 horas. Com ou sem guia? Você circula sozinho, mas monitores atentos estão sempre por perto. Quando ir O ano todo. Serviço Av. Ipiranga, 6681 (Campus da PUC), 3320-3697. R$ 13. 3ª/dom 9h/17h.

 

Santander Cultural: R. Sete de Setembro, 1028, Pça. da Alfândega (Centro)
(51) 3287-5500
(http://www.santandercultural.com.br)
Preço: Grátis
Horário: 3ª/6ª 10h/19h, sáb/dom 11h/19h
O prédio faz parte do conjunto arquitetônico da Praça da Alfândega. Na belíssima construção, antiga sede do Banco Nacional do Comércio, há exposições temporárias de arte contemporânea. No subsolo, funciona o museu da Moeda e, dentro de antigas caixas-fortes, um cinema e um café.

 

Fundação Iberê Camargo: Av. Pe. Cacique, 2000 (Praia de Belas)
(51) 3247-8000
(http://www.iberecamargo.org.br)
Preço: Grátis
Horário: 3ª/4ª 12h/19h, 5ª 12h/21h e 6ª/dom 12h/19h
O curioso prédio de concreto branco, assinado pelo arquiteto português Álvaro Siza, teve seu projeto premiado na Bienal de Arquitetura de Veneza. Às margens do Guaiba, tem salões internos banhados por iluminação natural. Em três dos quatro pisos há mostras temporárias de artistas contemporâneos. O segundo andar é dedicado às obras do pintor gaúcho Iberê Camargo. iberecamargo.com.br.

 

Fundação Vera Chaves Barcellos: Av. Sen. Salgado Filho, 8450 (mun. de Viamão), 22 km
(51) 3228-1445
Futebol: Inaugurado em 2010, o Museu do Internacional (anexo ao estádio Beira-Rio) dá um show de interatividade: tem arquibancada virtual, vídeos com gols históricos, narrações originais e relíquias da história e de jogadores do clube (av. Pe. Cacique, 891, Menino Deus, 3230-4669, 3ª/dom 10h/17h30; R$ 10). Aproveite a visita para fazer um tour guiado pelo estádio (3230-4632, 9h/11h e 13h/17h, R$ 15), conhecendo arquibancada, gramado, sala de imprensa e camarotes. No Olímpico Monumental, casa do Grêmio, a visita ao gramado e à arquibancada é livre (lg. Patrono Fernando Kroeff, Azenha, 2ª/6ª 9h/18h30, sáb/dom 9h/16h30). O memorial (3218-2844, 2ª/6ª 9h/18h45, sáb 9h/16h30; R$ 4), no mesmo local, mostra troféus, uniformes, narrações de jogadas históricas e a trajetória do tricolor gaúcho.

 

Casa De Cultura Mário Quintana: R. dos Andradas, 738 (Centro)
(51) 3221-7147
Preço: Grátis
Horário: 3ª/6ª 9h/21h, sáb/dom 12h/21h
O centro cultural está instalado no prédio do antigo hotel Majestic, onde o ilustre poeta morou entre 1968 e 1980. São sete andares com salas de exposições temporárias, acervo sobre Mario Quintana, biblioteca, cinema e teatro. Depois da visita, suba até o agradável café na cobertura para apreciar a bela vista do Rio Guaiba. ccmq.com.br.

 

Usina Do Gasômetro: Av. Pres. João Goulart, 551 (Centro)
(51) 3289-8140
Preço: Grátis
Horário: 3ª/dom 9h/21h
Às margens do Rio Guaíba, a chaminé com 117 m transformou o prédio em cartão-postal da cidade - é um dos locais mais disputados para contemplar o pôr do sol. Dentro dele há exposições, teatro, cinema, livraria e café. Nos fins de semana, seus arredores lotam de porto-alegrenses que circulam entre a feirinha de artesanato, pipoqueiros e barraquinhas de churrasco. É também ponto de partida para alguns passeios de barco.

 

Brique De Redenção: Av. José Bonifácio (Prq. Farroupilha)
Horário: dom 9h/17h
A tradicional feira, montada aos domingos no Parque Farroupilha (conhecido como Redenção), teve início na década de 70, quando era chamada de Mercado de Pulgas. As cerca de 300 barraquinhas, com antiguidades, artesanato, quadros e livros, é um dos passeios preferidos dos porto-alegrenses no fim de semana.

 

Shoppings: Em frente ao Rio Guaíba, na Zona Sul da cidade, o Barra Shopping Sul (av. Diário de Notícias, 300, Cristal, 4003-4171) tem restaurantes elegantes com vista para a orla, choperia, centro de eventos, boliche, oito salas de cinema, hipermercado e um mega espaço de diversão para crianças. A circulação é tranquila, em corredores largos que aproveitam a iluminação natural. Um pouco mais refinado, o tradicional Iguatemi (av. João Wallig, 1800, Chácara das Pedras, 3131-2000) combina lojas de grife com serviços como hospital, agências bancárias, centro de beleza e lavanderia.
Compras Erva-Mate: O chimarrão, herança dos índios guaranis, é um símbolo do Rio Grande do Sul. Cuia, bomba e garrafa térmica são praticamente um "uniforme" para o gaúcho, não importa a temperatura. No restaurante Galpão Crioulo o Sr. Fritz, conhecido como "o mestre do chimarrão", ensina a preparar a bebida, vende a erva e todos os apetrechos necessários (av. Loureiro da Silva, Parque da Harmonia, 3226-8194). A erva, classificada de acordo com o amargor, também pode ser comprada nas bancas do Mercado Público.

 

Mercado Público: Pça. 15 de Novembro (Centro)
Horário: 2ª/6ª 7h30/19h, sáb 7h30/18h30
No burburinho do Centro, a construção de 1869 abriga bancas de frutas, temperos, embutidos e artigos típicos - há grande variedade de erva-mate para chimarrão. No piso superior, o espaço do Sebrae tem artesanato típico do Rio Grande do Sul. O tradicional restaurante Gambrinus, no ponto desde 1889, é boa dica para o almoço.

 

Palácio Piratini: Pça. Mal. Deodoro
(51) 3210-4170
(http://www.palaciopiratini.rs.gov.br)
Preço: Grátis
Horário: 2ª/6ª 9h/11h e 14h/17h
O melhor do palácio, sede do governo estadual, está nos salões do piso superior, que podem ser conhecidos em visitas guiadas a cada meia hora (canceladas em dias de solenidade). A lenda que dá nome ao salão Negrinho do Pastoreio é representada em 18 pinturas do italiano Aldo Locatelli. No salão Alberto Pasqualini está a maior tela do pintor - Locatelli colocou seu rosto em dois personagens do quadro sobre a história do estado. O prédio estava em restauro até o fechamento desta edição (ago/2010).

 

Theatro São Pedro: Pça. Mal. Deodoro (Centro)
(51) 3227-5100
(http://www.teatrosaopedro.rs.gov.br)
Preço: Grátis
Horário: 3ª/6ª 12h/18h30, sáb/dom 16h/18h
A elegante construção em estilo neoclássico "acolhe jovens de todas as idades", escreveu Mario Quintana num de seus versos. Na sala de espetáculos, a réplica do lustre original chama atenção: são 30 mil peças de cristal. Para conhecer a história do lugar, visite o memorial, no subsolo. Completam a estrutura a concha acústica, o restaurante e um charmoso café, no foyer, que serve chá da tarde todas as quartas-feiras a partir das 15h (R$ 35). teatrosaopedro.com.br.

 

Semana Farroupilha: Começa em sete de setembro, com shows de música, danças e comidas típicas, e segue até o dia 20 - data que, em 1835, marcou o início da Revolução Farroupilha. No último dia acontece um famoso desfile tradicionalista, pelo centro da cidade. Durante o período, o Acampamento Farroupilha movimenta o Parque da Harmonia: CTGs (centros de tradições gaúchas) do país inteiro e grupos de amigos (chamados piquetes) reúnem-se a céu aberto para comemorar a revolução. semanafarroupilha.com.br.

 

Feira Do Livro: (http://www.feiradolivro-poa.com.br)
A feira acontece desde 1955 entre a Praça da Alfândega e o cais do porto, no Centro, e reúne cerca de 170 expositores nacionais e internacionais. Boa oportunidade para comprar livros com descontos e encontrar raridades, o evento tem intensa programação cultural, com saraus, seminários, oficinas e palestras com escritores. feiradolivro-poa.com.br.

 

Memorial Do Rio Grande Do Sul: R. Sete de Setembro, 1020, Pça. da Alfândega (Centro)
(51) 3224-7210
(http://www.memorial.rs.gov.br)
Preço: Grátis
Horário: 3ª/sáb 10h/18h
A história do estado e de personalidades gaúchas como Érico Veríssimo, Elis Regina, Lupicínio Rodrigues e Getúlio Vargas é contada em detalhes nos painéis ilustrativos. Se pintar alguma dúvida, monitores podem ajudar. O belo prédio já foi sede dos Correios e Telégrafos.

 

Museu De Arte Do Rio Grande Do Sul: R. Sete de Setembro, Pça. da Alfândega (Centro)
(51) 3227-2311
(http://www.margs.rs.gov.br)
Preço: Grátis
Horário: 3ª/dom 10h/19h
Ao lado do Memorial do Rio Grande do Sul e do Santander Cultural, completa o trio de construções históricas da Praça da Alfândega. Construído em 1913 para abrigar a Delegacia Fiscal, o belíssimo prédio tem exposições temporárias e permanentes com obras de artistas nacionais, como Cândido Portinari e Di Cavalcanti. margs.rs.gov.br.

 

Parque Da Redenção(Farroupilha): Av. João Pessoa (Cid. Baixa)
Preço: Grátis
A enorme área verde do parque mais tradicional da cidade separa o bairro Bom Fim da boêmia Cidade Baixa. Nos fins de semana, famílias e casais chegam para praticar esportes, passear pelo Brique da Redenção  ou apenas tomar chimarrão. Muita gente fotografa o belo Monumento ao Expedicionário.

 

Parcão(Moinho De Vento): Av. Goethe (Moinhos de Vento)
Preço: Grátis
No elegante e badalado bairro Moinhos de Vento, tem maior movimento no fim de tarde, horário preferido para o cooper e as caminhadas. Há réplica de um moinho, quadras esportivas, parquinho infantil e, nos fins de semana, aulas livres de ioga pela manhã.
Passeio De Barco Pelo Rio Guaíba E Delta Do Jacuí: Com uma hora de duração, o passeio segue até as ilhas próximas da cidade - e fica mais interessante quando acompanhado do pôr do sol (às 16h30 no inverno e 18h no verão). Com o mesmo roteiro, são duas opções: o barco Cisne Branco, partindo do cais do porto (av. Mauá, 1050, Centro, 3224-5222, 3ª/dom 10h30, 15h, 16h30 e 18h; R$ 18) e o Porto Alegre 10, com saídas da Usina do Gasômetro (av. Pres. João Goulart, 551, Centro, 3211-7665, 3ª/6ª 16h30, sáb/dom 14h30 e 17h30; R$ 15).

 

Linha Turismo: Boa oportunidade para você se familiarizar com os bairros e pontos turísticos da capital (agende o passeio para o início da viagem). O ônibus, com piso superior aberto, faz dois roteiros: o Tradicional (3ª/dom 9h e 15h30; R$ 10), que circula pelo centro histórico, parques e arredores do Rio Guaíba até a Fundação Iberê Camargo; e o Zona Sul, que explora a área mais afastada do Centro, passando pela Praia de Ipanema e em frente à entrada da casa de Ronaldinho Gaúcho. Saídas da Tr. do Carmo, 84 (Cidade Baixa, 3289-6744; 3ª/dom 10h30 e 13h30; R$ 15.

 

Vida Noturna: Dos botecos da Cidade Baixa aos refinados bares de Moinhos de Vento, a noite na capital gaúcha não para - há sempre (mais) uma casa sendo inaugurada. Duas boas novidades: o Bier Market (r. Castro Alves, 442, Rio Branco, 3013-2300), com variada carta de chope, e Pink Elephant (r. Silva Jardim, 331, Mont Serrat, 3307-8778), que estréia o conceito de entretenimento de luxo em Porto Alegre - há ótima estrutura, com lounges e camarotes, para curtir house music. Outro bom lugar para dançar é o clássico e refinado Cafe de La Musique (r. Sen. Tarso Dutra, 135, Petrópolis, 3333-5500). Mais descontraído, o tradicional Ocidente (av. Osvaldo Aranha, 960, 3312-1347, Bom Fim) tem público eclético (inclusive GLS) e espaço para shows, assim como a Be Happy (r. João Alfredo, 483, Cidade Baixa, 3237-3308). Mas são os bares que fazem a fama da Cidade Baixa. Os melhores são o sempre lotado Ossip (r. da República, 677, 3224-2422) e o Mercatto D'Arte (r. João Alfredo, 399, 3224-9441), bom lugar para ir a dois. Ali perto, no Centro, fica a Champanharia Ovelha Negra (r. Dq. de Caxias, 690, 3061-7021), instalada num casarão de 1920. No Moinhos de Vento, a noite e a paquera podem começar no Z Café (r. Pe. Chagas, 314, 3029-6088) e seguir num dos pubs próximos - o Mulligan Irish Pub (r. Pe. Chagas, 25, 3029-3725) ou o Dado Pub, na chamada "calçada da fama" (r. Fernando Gomes, 80, 3395-1468).

O clima de Porto Alegre é classificado como subtropical úmido (Cfa, segundo Köppen), tendo como característica marcante a grande variabilidade.[60] A presença da grande massa de água do lago Guaíba contribui para elevar as taxas de umidade atmosférica e modificar as condições climáticas locais, com a formação de microclimas. O contínuo processo de cobertura da superfície do terreno por edificações e calçamento também gera microclimas específicos, observando-se até 4°C de variação térmica nas diferentes regiões da cidade. As chuvas são bem distribuídas, com a média anual permanecendo em torno de 1.300mm. Segundo a BBC Weather o mês mais chuvoso é setembro, com média de 132 mm, e o mais seco é novembro, com 79 mm. Janeiro e fevereiro têm a temperatura média mais alta do ano, chegando a 31°C, e junho e julho a mais baixa, com 9°C. Contudo, outras fontes dão dados diferentes. A umidade relativa do ar média é de 76%. A ocorrência de neve é muito rara, mas as geadas ocorrem algumas vezes durante o ano.

Ocultar
Receba ofertas exclusivas no seu e-mail